04
Setembro
2018
|
18:51
Europe/Lisbon

Novo Mercedes-Benz EQC

O primeiro modelo da Mercedes-Benz sob a tecnologia da marca EQ

Foi no Paris Motor Show 2016 que a Mercedes-Benz apresentou pela primeira vez a sua nova marca de produtos e tecnologia para a mobilidade elétrica. Chegou a hora de ser conhecido o EQC (combinado consumo de energia: 22,2 kWh / 100 km; emissões combinadas de CO2: 0 g / km, valores provisórios), o primeiro veículo Mercedes-Benz a ser lançado sob a marca EQ. Com o seu design claro e detalhes em cores típicas da marca, é pioneiro num visual elétrico de vanguarda, representando o idioma de design de Luxo Progressivo. No que diz respeito à qualidade, segurança e conforto, o EQC é o Mercedes-Benz entre os veículos elétricos, altamente convincente na soma dos seus atributos, que são também acompanhados por um desempenho dinâmico, graças a dois motores elétricos nos eixos dianteiro e traseiro com uma potência combinada de 300 kW (408cv). Uma estratégia operacional sofisticada permite um alcance elétrico de mais de 450 km de acordo com o NEDC (dados provisórios). A EQ também oferece serviços abrangentes com o Mercedes me e torna a mobilidade elétrica conveniente e adequada para o dia-a-dia. O EQC também simboliza o início de uma nova era da mobilidade na Daimler.

Como o primeiro modelo da Mercedes-Benz sob a tecnologia da marca EQ, o Mercedes-Benz EQC tem muitos detalhes de design pioneiro e destaques de cor típicos da marca. Quer no interior, quer no exterior, o EQC incorpora o idioma de design do luxo progressivo, que se verifica pela combinação da beleza, de elementos digitais e analógicos, bem como a fusão perfeita de design intuitivo e físico.

Em virtude das suas proporções, o EQC é classificado como um SUV. A linha de tejadilho alargada e o layout das janelas com uma cintura baixa e a traseira coupé posicionam o EQC entre um SUV e um SUV coupé.

Uma característica marcante na frente é a grande superfície do painel negro que envolve os faróis e a grelha. Pela primeira vez, o painel preto é delimitado no topo por uma fibra ótica, como uma ligação visual entre as lâmpadas de circulação diurna tipo-lanterna, sendo esta uma característica típica da Mercedes-Benz. À noite, cria uma faixa de luz horizontal quase ininterrupta. As caixas internas e os tubos dos faróis MULTIBEAM LED estão personalizadas em preto de alto brilho. Os contrastantes tons de cor confirmam discretamente a associação do modelo à nova família EQ: listas azuis em fundo preto e lettering MULTIBEAM também em azul.

O interior de alta qualidade do EQC também é pioneiro num visual eletrónico de vanguarda. Um exemplo é o contorno nervurado do painel de instrumentos, que se assemelha às nervuras de refrigeração de um amplificador hi-fi. O painel de instrumentos é projetado como um cockpit orientado para o condutor. Um dos principais destaques visuais do cockpit são as saídas de ar planas com abas coloridas em rosé-dourado.

Desempenho dinâmico e eficiência

Como o primeiro modelo da Mercedes-Benz a ser lançado sob o novo produto e tecnologia da marca EQ, o EQC apresenta um novo desenvolvimento de sistema de tração com transmissões elétricas compactas em cada eixo. Estes dão ao EQC as características de condução de uma tração integral.

Para reduzir o consumo de energia e aumentar o dinamismo, as transmissões elétricas são configuradas de maneira diferente: o motor elétrico frontal é otimizado para a melhor eficiência possível no intervalo de carga média a baixa, enquanto o traseiro determina o dinamismo. Juntos, geram uma potência de 300 kW (408cv) e um máximo de 765 Nm.

Os engenheiros da Mercedes-Benz aprimoraram o conforto sonoro em diversas medidas. No EQC, os motores são isolados por montagens de borracha em dois pontos: onde o motor se conecta ao chassis e onde o chassis se conecta à carroçaria. Este isolamento efetivo é complementado com medidas de isolamento. Como resultado, o interior do EQC é extremamente silencioso.

A bateria de iões de lítio, com 80 kWh (NEDC), fornece energia ao veículo. O consumo de energia e a autonomia dos veículos elétricos dependem muito do estilo de condução. O EQC admite cinco programas de condução, cada um com características diferentes: COMFORT, ECO, MAX RANGE, SPORT e ainda um programa adaptável individualmente. Nos modos de condução mais económicos, o EQC estimula o motorista a economizar energia. O condutor também é capaz de influenciar o nível de recuperação usando os comandos do volante.

O sistema ECO Assist oferece ajuda ao condutor por exemplo, alertando quando é apropriado desacelerar (p.e., porque o veículo se aproxima do limite de velocidade), apresentando dados de navegação, reconhecimento de sinais de trânsito e informações dos assistentes de segurança inteligentes (radares e câmaras).

Dados técnicos

Emissões de CO2

0 g/km

Consumo de energia (NEDC)

22.2* kWh/100 km

Autonomia (NEDC)

Mais de 450* km

Sistema de Direção

2 motores assíncronos, tração às quatro rodas

Potência em kW (cv)

300 kW (408 cv)

Binário máximo

765 Nm

Velocidade máxima

180 km/h (limitada)

Aceleração 0-100 km/h

5.1 s

Bateria

Iões de Lítio

Potência Bateria (NEDC)

80 kWh

Peso da bateria

650 kg

Comprimento / largura (com espelhos) / altura

4,761/1,884 (2,096)/1,624 mm

Largura dos eixos (FR/TR)

1,625/1,615 mm

Distância entre eixos

2,873 mm

Capacidade da bagageira

ca. 500 l

Peso vazio/Peso bruto/Carga útil

2,425*/2,930/505 kg

Peso max. reboque (12 %)

1,800 kg

Carregamento: flexível e rápido

Como padrão, o EQC é equipado com um carregador a bordo (OBC) refrigerado a água com capacidade de 7,4 kW, tornando-o adequado para carregamento em casa ou em estações de recarga públicas.

Carregar numa Mercedes-Benz Wallbox é até três vezes mais rápido que numa tomada doméstica. É ainda mais rápido com carregamento DC - que é padrão para o EQC - por exemplo, via CCS (Combined Charging Systems) na Europa e nos EUA e CHAdeMO no Japão ou Grã Bretanha. Dependendo do SoC (status da carga), o EQC pode ser carregado com uma saída máxima de até 110 kW numa estação de carga apropriada. Em cerca de 40 minutos, a bateria pode ser carregada de 10 a 80% (dados provisórios).

O sistema MBUX: com funções específicas do EQC

O EQC apresenta o inovador sistema MBUX – Mercedes-Benz User Experience - que possui várias funções específicas de EQ, como a exibição de faixa, status de carga e fluxo de energia. A navegação otimizada EQ ou os modos de condução podem ser também controlados e configurados via MBUX.

O visor do MBUX possui um menu especial EQ, onde vários recursos de EQ são agrupados. Alternativamente, o utilizador pode aceder ao menu EQ do sistema MBUX usando diretamente uma tecla no painel de controlo inferior esquerdo. O novo EQC é fácil de operar graças ao reconhecimento ao controlo por voz específico.

Serviços inteligentes: viagens relaxadas do início ao fim

O EQ com Mercedes me confere serviços abrangentes para uma mobilidade elétrica atual e de futuro. Os novos serviços e funções mais importantes do EQC planeado para o lançamento no mercado incluem:

Controlo climático de pré-entrada: Garante que o interior do veículo já esteja na temperatura desejada no momento de partida. Pode ser programado diretamente via MBUX ou via Mercedes me App. Um sistema sofisticado com uma bomba de calor e impulsionadores de aquecimento elétrico pré-climatiza o interior.

A navegação otimizada por EQ baseia o seu cálculo na rota mais rápida, levando em consideração o menor tempo de carregamento. O planeamento de rotas também responde dinamicamente a mudanças e pode ocorrer externamente (através da App Mercedes me) ou no interior do veículo. Graças à navegação otimizada, os clientes da Mercedes-Benz podem facilmente encontrar estações de recarga, e o Mercedes me Charge oferece acesso às estações de recarga além das fronteiras nacionais. Nesta situação, os clientes beneficiam de uma função de pagamento integrada simples.

Segurança ativa e passiva: conceito de segurança específico para EQC

O EQC está equipado com a última geração de sistemas de assistência de condução da Mercedes-Benz. No pacote Driving Assistance, estas incluem novas funções, como o ajuste de velocidade ao aproximar-se de um engarrafamento: quando é detectado, o Active Distance Assist DISTRONIC reduz a velocidade para cerca de 100 km / h como precaução.

O EQC também atende aos mais altos requisitos no que diz respeito à segurança passiva: além do programa extensivo e habitual de testes de colisão, a Mercedes-Benz aplica padrões de segurança particularmente estritos para a bateria e todos os componentes que transportam corrente elétrica. A estrutura do EQC foi adaptada para atender às exigências especiais dos componentes elétricos e da bateria.

Proteção mecânica da bateria: o projeto de alta segurança começa com a posição de instalação da bateria de alta voltagem sob o piso do veículo. A unidade de armazenamento de energia é cercada por uma estrutura estável que pode absorver energia. Os elementos de deformação são instalados entre a estrutura e a bateria, e são capazes de absorver forças adicionais no caso de impacto lateral severo. Um protetor na área frontal da bateria é capaz de impedir que a unidade de armazenamento de energia seja perfurada por objetos estranhos.

Proteção elétrica do sistema de alta tensão: a extensa experiência da Mercedes-Benz com sistemas de alta tensão levou a um conceito de segurança de múltiplos estágios que se aplica em caso de acidente. O sistema de alta tensão desliga automaticamente, de forma reversível ou irreversível, de acordo com a gravidade do acidente. Há também pontos de desligamento onde as equipas de emergência podem desativar o sistema de alta tensão manualmente.

Testes de resistência em todo o mundo

Por lançamento no mercado, 200 protótipos e veículos de pré-produção do EQC realizaram milhões de quilómetros em testes, em quatro continentes (Europa, América do Norte, Ásia e África). O programa de teste compreende mais de 500 testes individuais. Como todos os veículos da Mercedes-Benz, o EQC realizou o exigente programa de testes. Há também testes especiais para o equipamento elétrico, a bateria e a interação de todos os componentes específicos.

Os especialistas do programa de testes desenvolveram extensas descobertas no seu trabalho de teste digital, usado para garantir tanto a capacidade de construção do veículo quanto a simulação de, por exemplo, comportamento de colisão, aerodinâmica e NVH: ruído, vibração, aspereza. Além disso, há testes intensivos em várias plataformas de teste no Centro de Tecnologia da Mercedes-Benz em Sindelfingen. A relação entre o teste digital e real é de aproximadamente 35 a 65%.

Produção: Preparativos em pleno andamento na fábrica de Bremen

A produção do EQC começará em 2019 na fábrica da Mercedes-Benz em Bremen. O novo EQC será integrado à produção em série contínua como um veículo totalmente elétrico.

Em paralelo, a produção de baterias próprias para o EQC decorre na fábrica de baterias expandidas em Kamenz (perto de Dresden).

Juntamente com a fábrica de Bremen, a Beijing Benz Automotive Co. Ltd. (BBAC) também está de momento a preparar-se para o início da produção do EQC para o mercado local.