18
Março
2020
|
19:07
Europe/Lisbon

Daimler AG toma medidas adicionais em resposta à pandemia de COVID-19

  • Decisão de suspensão da maioria da produção na Europa, inicialmente por duas semanas;
  • Medidas de precaução para conter a pandemia e proteger os colaboradores, de acordo com as recomendações das autoridades;
  • Decisão proactiva e proporcional de se preparar para uma procura temporariamente menor e de proteger financeiramente a empresa;

Devido ao agravamento da situação da pandemia de COVID-19, o Grupo Daimler, casa-mãe da Mercedes-Benz, decidiu ontem suspender a maior parte da sua produção na Europa, além de trabalhar em departamentos administrativos selecionados, por um período inicial de duas semanas. Ao tomar esta ação, a empresa segue as recomendações de autoridades internacionais, nacionais e locais. A suspensão aplica-se às fábricas de automóveis e veículos comerciais da Daimler na Europa. Nos locais onde as operações precisem de continuar, a empresa tomará as devidas precauções para evitar a infeção dos seus funcionários.

Com estas medidas, a Daimler ajuda a proteger os seus colaboradores, a interromper as cadeias de infeção e a conter a propagação da pandemia. Ao mesmo tempo, isto ajudará a empresa a preparar-se para um período temporário de menor procura e a proteger-se financeiramente.

A Administração da Daimler está a monitorizar constantemente a situação e tomará medidas adicionais, conforme necessário. As operações completas serão retomadas quando a situação melhorar.