Lisboa,
28
Junho
2018
|
15:50
Europe/Lisbon

smart celebra 20 anos

Há vinte anos foi lançado um dos veículos mais invulgares de sempre. Reconhecido como diferente dos veículos convencionais – o smart city coupé .

Há vinte anos foi lançado um dos veículos mais invulgares de sempre. Reconhecido como diferente dos veículos convencionais – o smart city coupé é atualmente designado por smart fortwo e está no mercado já na sua terceira geração desde 2014. Medindo pouco mais de 2,5m de comprimento, o compacto de dois lugares consegue estacionar perpendicularmente nos lugares de estacionamento paralelos. Em 1997, no Frankfurt International Motor Show, a smart apresentou respostas originais aos problemas da mobilidade individual urbana, que atualmente são mais prementes que nunca. A produção teve início em julho de 1998. Passados 20 anos é notório que a ideia revelou-se um sucesso, com mais de 2.2 milhões de modelos smart vendidos até à data. Graças às suas inovações tecnológicas e a um design que combina funcionalidade com a alegria de viver, o smart tornou-se um veículo de culto. E a smart mantém-se fiel ao seu papel de pioneira: é a primeira marca de automóveis a trocar os motores de combustão por propulsores elétricos.

Após o lançamento inicial do smart fortwo na Alemanha e em 8 países europeus, o modelo está atualmente disponível em 46 países.

A atual terceira geração foi lançada em 2014. O smart fortwo recebeu melhorias visíveis em todas as áreas e é agora notoriamente mais confortável. O motor instalado na traseira, uma característica marcante da smart, está agora também disponível pela primeira vez no smart forfour.

As curtas projeções da dianteira e da traseira, um comprimento mínimo e o elevado ângulo da direção são ótimos pré-requisitos para assegurar que os modelos smart contornam facilmente quaisquer curvas e cabem em todos os lugares de estacionamento. No que diz respeito ao diâmetro de viragem, o smart fortwo estabelece uma nova referência: com 6.95 m (entre lancis de passeios) e 7.30 m (entre paredes), torna extremamente simples as manobras de inversão. O smart forfour inverte o sentido num diâmetro de viragem praticamente tão compacto quanto a anterior geração do fortwo (entre paredes: 8.75 m). O seu diâmetro de viragem corresponde a 8.65 m (entre lancis de passeios) e 8.95 m (entre paredes).

Os modelos também revelam trunfos no que diz respeito ao máximo espaço integrado em dimensões mínimas, conforme documentado pelo excelente índice de espaço da carroçaria. Este descreve, como um simples meio de comparação entre diferentes veículos, a relação entre o comprimento interior e o exterior, onde o comprimento interior é medido a partir do pedal do acelerador, numa posição não utilizada, ao longo de uma linha horizontal até à extremidade traseira. Ambos os modelos atingem uma classificação máxima relativamente a este critério: 75% (smart fortwo) e 77% (smart forfour).

Em 2016 foi lançado o smart fortwo cabrio. A sua capota de lona dobrável "tritop" permite uma flexibilidade ímpar: com o simples pressionar de um botão, o smart fortwo cabrio é transformado de um modelo de dois lugares fechado num veículo com amplo teto panorâmico deslizante, num cabrio com a capota de lona totalmente aberta.

A gama de motores disponível para os três modelos smart inclui os modernos motores a gasolina de três cilindros com 52 kW/71 CV (consumo de combustível em ciclo combinado: 5.2-4.8 l/100 km; emissões de CO2 em ciclo combinado: 120-111 g/km[i]) e 66 kW/90 CV (consumo de combustível em ciclo combinado: 5.4-5.0 l/100 km; emissões de CO2 em ciclo combinado: 133-115 g/km1). Os modelos podem ser equipados com uma caixa manual de cinco velocidades ou com a caixa de velocidades automática de dupla embraiagem twinamic.

smart elétrico: todos os modelos disponíveis como veículos elétricos

Desde 2017, as três versões de carroçaria foram adicionalmente disponibilizadas nos modelos elétricos (consumo de energia em ciclo combinado: 14.0-13.5 kWh/100 km; emissões de CO2 em ciclo combinado: 0 g/km1). Desta forma, a smart é o único fabricante de automóveis do mundo a disponibilizar toda a sua gama de modelos nas versões de motor de combustão e também nas versões puramente elétricas.

No Frankfurt International Motor Show de 2017, a smart apresentou o smart vision EQ fortwo – o concept car de um modelo elétrico e autónomo para o transporte público local altamente eficiente e flexível. O veículo recolhe os seus passageiros diretamente a partir dos locais por eles escolhidos e não está equipado com volante ou pedais. Trata-se do primeiro concept car a incorporar todos os quatro pilares da estratégia CASE: "Connected", "Autonomous", "Shared" e "Electric".

smart car2go: serviço inovador de mobilidade

O serviço car2go, lançado em 2008 como o primeiro sistema a nível mundial de partilha de veículos, desempenhou um papel importante na história de sucesso da smart. Atualmente a car2go tem mais de três milhões de clientes e está disponível em 24 locais na Europa, América do Norte e China. A frota do serviço car2go já é totalmente elétrica em três cidades (Estugarda, Amesterdão e Madrid).

smart totalmente elétrico: veículos elétricos para a cidade

A smart é a primeira marca de automóveis a trocar os motores de combustão por propulsores elétricos: desde 2017 que a smart vende apenas veículos elétricos nos EUA, Canadá e Noruega, e a partir de 2020 irá comercializar também apenas veículos elétricos a bateria na Alemanha e na Europa Ocidental. Num futuro próximo seguir-se-á o resto do mundo.

O smart EQ fortwo e o smart EQ forfour já tornam a opção pela mobilidade elétrica mais atrativa do que nunca, pois conciliam a agilidade do smart com a condução sem emissões de gases locais – a combinação ideal para a mobilidade urbana. Após o smart fortwo coupé e o smart forfour foi lançado o smart fortwo cabrio alimentado a bateria no verão de 2017.

Com 160 Nm de binário disponível, o veículo elétrico de 60 kW de potência revela uma aceleração extremamente ágil. Uma carga da bateria permite uma autonomia suficiente para percorrer a cidade. O smart EQ fortwo e o smart EQ forfour podem ser carregados numa tomada elétrica doméstica – e o potente carregador de bordo que está incluído de série permite um carregamento duas vezes mais rápido comparativamente ao modelo antecessor, em função da versão do país a que se destina o veículo. Desde março de 2018 está disponível um carregador rápido que permite reduzir o tempo de carregamento numa caixa de carregamento doméstica até menos de 40 minutos (10-80%).

Graças às características de potência do motor elétrico, o smart necessita de apenas uma única relação de caixa fixa. Não existe necessidade de quaisquer passagens de caixa – uma vantagem fundamental no denso trânsito citadino. Para efetuar manobras de marcha atrás, o sentido de rotação do motor é invertido.

O modo ECO é um programa de condução particularmente eficiente no que diz respeito à economia de energia. Para economizar energia e estender a autonomia, o smart EQ fortwo e o smart EQ forfour também estão equipados com o controlo da pré-climatização.

Com a app "smart EQ control" é possível aceder a um vasto conjunto de informação específica do veículo elétrico através de um smartphone, tablet ou PC, enquanto as funções como o controlo da pré-climatização ou o carregamento inteligente podem ser confortavelmente controladas de forma remota.

smartville: modelo da fábrica Europeia em Hambach

O smart fortwo é produzido numa fábrica construída especificamente para o modelo na cidade de Hambach, França. A fábrica da smart, também conhecida como smartville, iniciou a produção em 1997. Os parceiros do sistema na fábrica fornecem módulos diretamente à linha de montagem, sendo que alguns dos quais são pré-fabricados. Em alguns casos, os próprios parceiros instalam os módulos pré-fabricados no smart. Isto permite minimizar o âmbito das operações de transporte e de logística. A flexibilidade ou o fornecimento just-in-time estão entre os fatores de referência até à data.

Existe uma estreita colaboração entre a fábrica da smart em Hambach e a Novo Mesto, a fábrica de produção da Renault na Eslovénia, na qual o smart forfour é produzido sob o acordo de parceria estabelecido entre a smart e a Renault. O envolvimento dos especialistas de produção e de qualidade da fábrica de Hambach assegura que todos os veículos da atual geração do smart cumprem as normas de qualidade da marca, independentemente da fábrica onde foram produzidos.

Um marco histórico: 20 anos da smart

Os engenheiros de desenvolvimento na Mercedes-Benz já estavam ocupados a trabalhar no "veículo do futuro" no início dos anos de 1970, evoluindo novas e revolucionárias abordagens que por fim deram origem ao conceito do automóvel supercompacto com um comprimento de 2,5m. Passou algum tempo antes de ter sido desenvolvido o pioneiro conceito de segurança que permitiu aplicar a segurança de referência da Mercedes num automóvel extremamente curto.

Em 1989, Nicolas G. Hayek, o inventor do relógio de pulso Swatch, anunciou a sua intenção de lançar no mercado um pequeno veículo citadino. Para tornar esta ideia numa realidade bem-sucedida, Hayek procurou a Mercedes-Benz na qualidade de um parceiro experiente. Os dois parceiros estabeleceram a Micro Compact Car AG, com sede em Biel, na Suíça.

O smart city coupé finalmente teve a sua estreia mundial no Frankfurt International Motor Show em 1997. A produção e as vendas começaram em 1998. No mesmo ano, a smart tornou-se uma subsidiária integralmente detida pela Daimler-Benz AG (agora designada de Daimler AG).

Atualmente já considerado um clássico: em exposição no Museu de Arte Moderna desde 2002

Apesar da sua tenra idade, é incontestável que o smart fortwo com o seu carácter único é já um automóvel clássico. Estando ainda em produção, o smart fortwo foi o único veículo a ser integrado na coleção permanente do mundialmente famoso Museu de Arte Moderna de Nova Iorque como um "clássico de design contemporâneo da última década do século passado".

Factos interessantes e surpreendentes

Sabia que…

…Robbie Williams conduz um smart? O músico Britânico adquiriu o seu próprio smart crossblade quando o modelo foi lançado na primavera de 2002. Pouco tempo depois, o modelo número 8 dos 2000 exemplares da série limitada crossblade encontrou um lugar na sua garagem.

…os bombeiros da fábrica da Mercedes-Benz em Sindelfingen utilizaram um smart como centro de alarme e controlo rápido logo em 1998? O veículo de comando vermelho está equipado com uma sirene de alarme e uma luz intermitente azul. No interior está instalado um telefone, rádio e um extintor de incêndio.

… o modelo Kris Wu Edition esgotou em 25 segundos? O modelo especial do smart forfour foi lançado numa edição limitada de 188 unidades no mercado Chinês em 2016.

…o smart-BRABUS conquistou 50,000 clientes 10 anos? Para marcar o aniversário da colaboração das duas empresas, o modelo especial smart BRABUS 10th Anniversary foi lançado numa edição limitada de 100 exemplares em julho de 2012, com uma potência de 75 kW/102 CV e um binário máximo de 147 Nm. Em 2017 seguiu-se o modelo especial "15th anniversary edition". Este modelo de edição, que está disponível nas versões fortwo coupé e cabrio, marca os 15 anos de cooperação entre a smart e a BRABUS. Os destaques desta edição limitada de 150 unidades são o pack abrangente de características, a sua pintura individual em prata anniversary e o seu personalizado pack de revestimento em pele para o interior em castanho.

…o filme viral "Most Xclusive Test Drive" mostra pessoas em plena inocência que acabaram de aceitar fazer um teste de estrada num smart BRABUS? Ao saírem do concessionário smart, uma escolta policial aguarda as pessoas para as acompanhar ao longo de todo o teste de estrada. O vídeo invulgar que marca o lançamento do smart BRABUS mostra as reações surpreendentes dos condutores e dos seus acompanhantes. Consulte https://youtu.be/2ddfrXVIQcw.

…o Departamento da Polícia da Cidade de Nova Iorque (NYPD) encomendou 250 modelos smart fortwo em 2016? Os modelos smart branco e azul integram equipamento específico, incluindo um farol rotativo azul no tejadilho e equipamento de rádio da polícia. Estes substituíram os veículos especiais de três rodas que a NYPD tinha anteriormente implementado para patrulhar a cidade.

…os participantes apostaram os seus antigos veículos no "smart electric drive Carsino" no verão de 2017? os amantes e admiradores da marca smart da Alemanha e da Espanha puderam candidatar-se a participar na competição. Os participantes foram solicitados para apostar os seus antigos veículos, que foram subsequentemente esmagados para formar um dado de grandes dimensões. O "dado veículo" foi então lançado pelos finalistas, com um smart fortwo elétrico em disputa.

…o smart mais rápido é um estudo com motor de seis cilindros? Com o smart roadster-coupé Brabus V6 2003 biturbo, a BRABUS, num trabalho conjunto com a smart e a Mercedes-Benz (desenvolvimento do motor), mostrou simplesmente o que era possível em julho de 2003. Dois motores de produção em série, cada um com uma cilindrada de 698 cc, três cilindros e com os seus turbocompressores, foram ligados entre si através de um recém-desenhado bloco de motor e instalados na traseira do roadster. Este smart produz uma potência de 125 kW (170 CV) e acelera dos 0 aos 100 km/h em menos de seis segundos. Foram apenas construídos dez protótipos.

…a primeira frota de testes de modelos smart elétricos já circulava nas estradas de Londres em 2007? Juntamente com clientes selecionados, a smart testou 100 veículos com motores elétricos para adquirir experiência da implementação de veículos em condições reais. Desta forma, a smart assumiu um papel de pioneira também na área da mobilidade elétrica.

…os pilotos do DTM das equipas Mercedes utilizaram smart ebikes para circularem no paddock em 2014? Com os modelos orange edition, comfort edition e black edition, a smart também apresentou três modelos especiais baseados na smart ebike na prova do DTM em Oschersleben.

…existe um "armazém de peças de substituição ativas" para sistemas de bateria da frota de modelos smart elétricos? Em 2016, a Mercedes-Benz Energy e a enercity (Stadtwerke Hannover AG) uniram esforços para iniciar os trabalhos de construção de uma nova instalação de armazenamento de baterias. O que distingue esta instalação é o facto de ser um armazém de peças de substituição para sistemas de bateria para veículos elétricos. Cerca de 3000 dos módulos de bateria mantidos para a atual frota de modelos smart elétricos estão agrupados nas instalações da enercity para criar uma instalação fixa de armazenamento em Herrenhausen. Ao mesmo tempo, o armazém de peças de substituição também serve para compensar flutuações na rede elétrica Alemã. Esta eficiente dupla utilização melhora a avaliação do ciclo de vida e também os custos do ciclo de vida da mobilidade elétrica.