24
Maio
2017
|
01:00
Europe/Lisbon

Daimler cria a base para uma das maiores e mais modernas fábricas de baterias do mundo

  • Dieter Zetsche, Presidente do Conselho de Administração da Daimler AG e Diretor da Mercedes-Benz Cars, deu as boas-vindas à Chancellor Dra. Angela Merkel e ao Primeiro-Ministro da região da Saxónia, Stanislaw Tillich, na subsidiária da Daimler, ACCUMOTIVE, em Kamenz.

  • Investimento de cerca de mil milhões de euros na produção de baterias para todo o mundo

  • Duplicação da força laboral na fábrica até ao final da década

  • Implementação da estratégia empresarial “CASE” (Connected, Autonomous, Shared & Services, Electric) em pleno progresso

Ao criar a base para uma das maiores e mais modernas fábricas de baterias, a Daimler AG estabelece novas referências na indústria automóvel e dá desta forma o próximo passo estratégico na sua ofensiva de modelos elétricos. Na ACCUMOTIVE em Kamenz, uma subsidiária detida pela Daimler a 100%, a segunda fábrica de baterias de iões de lítio será fabricada com um investimento de cerca de 500 milhões de euros. Os convidados de honra que marcaram presença na cerimónia, a Chancellor Dra. Angela Merkel e o Primeiro-Ministro da região da Saxónia, Stanislaw Tillich, que juntamente com Dieter Zetsche (Presidente do Conselho de Administração da Daimler AG e Diretor da Mercedes-Benz Cars), Markus Schäfer (Membro do Conselho de Administração da Mercedes-Benz Cars, Produção e Aprovisionamento), Frank Deiss (Diretor de Produção de Cadeias Cinemáticas e Diretor da Fábrica Untertürkheim da Mercedes-Benz) e Frank Blome (Diretor Executivo da Deutsche Accumotive GmbH & Co. KG), depositaram a caixa de uma bateria de um veículo como a primeira pedra da construção da fábrica.

O investimento da Daimler reforça a região como um centro de inovação fundamental para a indústria automóvel Alemã e oferece aos empregados boas perspetivas numa área de tecnologia orientada para o futuro. A Chancellor e o Primeiro-Ministro da Saxónia puderam retirar algumas impressões durante uma visita à fábrica de baterias.

A Daimler investe um total de cerca de mil milhões de euros num conjunto global de produção de baterias. “Com a segunda fábrica de baterias em Kamenz, estamos a dar o arranque inicial para o desenvolvimento da primeira fábrica de baterias premium para veículos elétricos,” afirma Markus Schäfer. “A produção local de baterias é um fator importante de sucesso e um elemento fundamental para servir de forma flexível e eficiente a procura mundial por veículos elétricos. Isto permite à nossa rede de fábricas de produção posicionar-se adequadamente para a mobilidade do futuro.”

O início da laboração da nova fábrica de produção, que se situa a aproximadamente 50 quilómetros de Dresden, está previsto para meados de 2018. Com uma área de cerca de 20 hectares, a fábrica ficará na vizinhança direta com a fábrica de baterias existente. A nova fábrica irá quadruplicar a área de produção e de logística em Kamenz para um total de cerca de 80,000 metros quadrados. Nos próximos anos, a ACCUMOTIVE irá aumentar gradualmente o número de empregados na fábrica. No final da década, a ACCUMOTIVE terá um total de mais de 1,000 empregados, o dobro do atual número de empregados.

A visita da Chancellor Alemã à fábrica ACCUMOTIVE salienta a importância da mobilidade elétrica na Alemanha e as boas perspetivas para a futura localização em Kamenz. Para a nossa força laboral, este é um excelente sinal de reconhecimento das suas competências e do desempenho superior dos últimos anos. Até à data, fornecemos mais de 80,000 baterias com tecnologia de iões de lítio,” afirma Frank Blome. A segunda fábrica de baterias foi projetada como uma fábrica neutra em termos de emissões de CO2, com um balanço energético igual a zero: a Daimler aborda a mobilidade elétrica de forma integrada, atribuindo uma importância fundamental à sustentabilidade logo na fase de produção. A energia elétrica utilizada pelas fábricas de produção terá origem numa combinação complexa que inclui uma central termoelétrica, uma central fotovoltaica e unidades de baterias estacionárias. Com fábricas e tecnologias modernas, a nova fábrica de baterias também irá estabelecer referências relativamente à Indústria 4.0.

Ofensiva de veículos elétricos na divisão Mercedes-Benz Cars

Com o Concept EQ, a divisão Mercedes-Benz Cars apresenta uma nova geração de veículos elétricos. Até 2022, está previsto o lançamento de mais de dez novos veículos elétricos ligeiros de passageiros: em todos os segmentos, desde modelos da smart aos SUVs de grande dimensão. Serão investidos dez mil milhões de euros na expansão do portfólio de modelos elétricos nos próximos anos. Os novos veículos elétricos serão produzidos na eficiente e flexível rede de produção mundial da divisão Mercedes-Benz Cars, com fábricas em quatro continentes. O primeiro modelo EQ sairá da linha de produção da fábrica da Mercedes-Benz em Bremen no final da década. Além disso, os luxuosos modelos EQ serão produzidos na fábrica de Sindelfingen. A empresa estima que a proporção de veículos elétricos do total de vendas unitárias da Mercedes-Benz será de 15 a 25% em 2025. Além das baterias de propulsão, a ACCUMOTIVE irá produzir baterias para as unidades de armazenamento de energia da Mercedes-Benz e para sistemas elétricos de 48 V. O pioneiro sistema elétrico de bordo de 48 V celebra a sua estreia na nova geração do Classe S e será gradualmente implementado em vários modelos da Marca.

Kamenz irá fornecer baterias para veículos comerciais

As divisões de veículos comerciais da Daimler também estão constantemente a impulsionar a eletrificação do seu portfólio. Após o Vito E-CELL do ano de 2011, a divisão Mercedes-Benz Vans irá produzir em série veículos comerciais elétricos a partir do próximo ano. Tanto o modelo Vito como o Sprinter serão equipados com baterias de propulsão fabricadas em Kamenz. A Daimler Trucks irá lançar uma pequena série do Fuso eCanter no final deste ano. Esta é a terceira geração do primeiro camião de cargas ligeiras a nível mundial movido puramente com propulsão elétrica. A Fuso também utiliza baterias da fábrica de Kamenz para o modelo eCanter. Em função do design, da carga e do perfil de aplicação, o camião de 7.5 toneladas tem uma autonomia superior a 100 km sem carga. O Fuso eCanter será fornecido em pequenas séries de produção a partir de 2017. As primeiras 150 unidades destinam-se a clientes do Japão, Europa e dos EUA. Juntamente com clientes, a Mercedes-Benz Trucks também está a iniciar os testes do Urban eTruck, o primeiro camião totalmente elétrico a nível mundial de transporte de elevadas cargas. No próximo ano, a Daimler Buses irá iniciar a produção em série de um autocarro urbano totalmente elétrico da marca Mercedes-Benz. Os protótipos já se encontram na fase de testes.