Lisboa,
30
Janeiro
2018
|
13:08
Europe/Lisbon

A iniciativa elétrica dos automóveis Mercedes-Benz

Até 2022, a Daimler irá eletrificar todo o seu portfólio de veículos Mercedes-Benz e oferecer aos clientes pelo menos uma alternativa com cadeia cinemática elétrica.

Em 2017, a Mercedes-Benz estabeleceu uma importante estratégia para a sua mobilidade elétrica:

  • Até 2022, a Daimler irá eletrificar todo o seu portfólio de veículos Mercedes-Benz e oferecer aos clientes pelo menos uma alternativa com cadeia cinemática elétrica. A empresa planeia disponibilizar mais de 50 versões de veículos elétricos. Para tal, a Mercedes-Benz irá apoiar continuamente o desenvolvimento de modelos híbridos plug-in e a implementação de sistemas elétricos de 48V. Mais de dez modelos, de cerca de 50 veículos eletrificados, serão totalmente elétricos – em todos os segmentos, desde os modelos smart aos SUV’s de maiores dimensões.

  • Ao longo dos próximos anos, a área de automóveis Mercedes-Benz irá investir dez mil milhões de euros na expansão do seu portfólio de veículos elétricos e ainda mil milhões de euros numa rede global de fábricas de produção de baterias em todo o mundo. Desta forma será criada uma rede global de produção de baterias que atualmente é constituída por cinco fábricas de baterias em três continentes.

  • O início da produção em 2017 dos modelos smart fortwo coupé e cabriolet na fábrica de Hambach já representa o início da quarta geração dos veículos elétricos da marca, o primeiro veículo elétrico da nova marca de produtos e tecnologia EQ sairá da linha de produção da fábrica da Mercedes-Benz em Bremen. A produção do EQC, um SUV totalmente elétrico, terá início em 2019.

  • Pouco depois, o EQC também sairá da linha de produção da BBAC, um consórcio formado pela Daimler e a BAIC. Os modelos EQ também serão produzidos nas fábricas da Mercedes-Benz em Rastatt, Sindelfingen e Tuscaloosa (EUA), onde a gama de modelos será alargada para incluir os veículos elétricos dos segmentos compacto, superior, de luxo e também o segmento SUV.

Em 2018, a Daimler irá terminar a construção da segunda fábrica de baterias em Kamenz e intensificar os preparativos para o EQC na fábrica da Mercedes-Benz em Bremen. Em 2019, o EQC será o primeiro veículo produzido em série da marca de produtos e tecnologia EQ a sair da linha de produção em Bremen e da BBAC em Beijing.