17
Outubro
2017
|
16:19
Europe/Lisbon

6ª Edição do Mercedes-Benz 4MATIC Experience

O outono atípico deu que fazer à caravana dos 50 Mercedes-Benz que este fim de semana percorreu as encostas da Serra da Estrela, no 6º Mercedes-Benz 4MATIC Experience! Com temperaturas elevadas para a época, foi no terreno que se sentiu o principal desafio de superação, com trilhos muito empoeirados e bastante degradados. A aventura TT mais alta do continente foi uma organização Mercedes-Benz Portugal e do Clube Escape Livre.

Foi um fim de semana em grande para a família Mercedes-Benz. A longa caravana de quase 50 viaturas não esperava encontrar e trilhar caminhos tão duros, em dias quentes de outubro, mas ficou surpreendida com as capacidades dos veículos com tecnologia 4MATIC, agora comprovadas, mesmo para os recentes Classe E All-Terrain, menos habituados a este tipo de diversão. A Serra da Estrela brindou os participantes com corta fogos íngremes, caminhos cheios de pedra e pó e pendentes acentuadas, além dos estradões mais acessíveis, mas todos os desafios foram plenamente superados. O prémio foram paisagens únicas, reservadas aos aventureiros que se atrevem a sair do asfalto, num dos encontros mais participados de sempre, e onde os serviços SPA do H2otel fizeram a diferença para relaxar.

Como pontos principais de visita ao longo de 250 km de passeio que começou em Unhais da Serra, os 130 participantes conheceram o funcionamento do Centro de Limpeza da Neve da Serra, em Piornos, observando alguns dos veículos e maquinaria que fazem a manutenção das estradas nos dias de neve, registaram a beleza da cascata Poço do Inferno, ainda que sem água, e a nascente do rio Mondego, além de imensas paisagens, dos vales às linhas de montanhas no horizonte. Infelizmente o flagelo dos incêndios não passou despercebido à caravana…

Já em Seia, no Museu do Pão, as crianças da caravana puderam manusear a massa do pão enquanto os adultos ficaram surpreendidos com as estórias e curiosidades deste produto pelo Mundo. E com retrocesso ao fabrico deste produto chave, o cereal, desta vez o centeio, voltou a ser o tema de domingo no Centro de Interpretação da Moagem do Centeio, no Fundão, antes de um almoço animado e com a distribuição dos prémios pelos participantes.